Wrestling Galaxy
Seja Bem-vindo à WG, um fórum de wrestling, onde também podes encontrar assuntos relacionados com design, futebol de outros desportos.

Temos artigos e passatempos para que te divirtas. Para poderes aceder a todo o conteúdo deves ter registar primeiro.

900 #1- The Viper

Ir em baixo

900 #1- The Viper

Mensagem por The Deadman em Qua Ago 10, 2011 7:06 pm

Randal Keith Orton , mais conhecido por Randy Orton, nasceu em Knoxville, Tennessee no dia 1 de Abril de 1980. Actualmente , Randal trabalha na World Wrestling Entertainment no show das sextas-feiras, o Friday Night SmackDown. A família de Orton conta com vários ex-lutadores: o seu avô Bob Orton Sr. , o seu pai “Cowboy” Bob Orton e o seu tio Barry Orton. Orton lutou e treinou na Mid-Missouri Wrestling Association-Southern Illinois Conference Wrestling durante um mês, . Depois disso, no ano de 1999, foi mandado para a Ohio Valley Wrestling (OVW) e lá foi por duas vezes o Hardcore Champion, isto, em 2001. Em Abril de 2002 , Orton foi chamado para o roster da WWE. Fez a sua estreia a 25 de Abril de 2002, no SmackDown. A sua estreia, começou por apresentar-se a Vince McMahon no escritório deste e logo conquistou Stacy Keibler, na altura, assistente pessoal de Vince. Vince não gostou do que viu, e marcou um Randy Orton vs. Hardcore Holly para essa noite, combate que Orton venceu.

No dia 30 de Maio, Orton lutou contra Undertaker pelo WWE Championship. O combate foi bom, mas Orton acabou por perder para o “Phenom”. No dia 23 de Setembro de 2002, estreou-se no Monday Night Raw, após ser transferido para lá pelo novo general manager do Raw, Eric Bischoff. E nessa sua estreia, Orton derrotou Stevie Richards. Orton ia conquistando os fãs no Raw, até que sofreu uma grave lesão num ombro. Ainda assim, Orton estreou-se em PPV’s da WWE no Survivor Series de 2002, onde deu aos fãs um “update” da sua lesão, ao qual deu o nome de RNN. Esse “update” tornou-se um segmento regular na WWE, o que fez com que Orton não fosse esquecido.

Depois de curada a lesão, Orton voltou aos ringues e juntou-se aos Evolution de Triple H, Batista e Ric Flair. O líder era Triple H, e tinha como objectivo juntar o passado (Ric Flair), o presente (Triple H) e o futuro (Batista e Randy Orton) da WWE. Foram uma das stables mais dominadoras da história da WWE. E durante o crescimento dessa stable, Orton intitulou-se de “Legend Killer” devido a ter derrotado lendas do wrestling como Shawn Michaels, “Stone Cold” Steve Austin e Mick Foley.

Em Agosto de 2004, Orton venceu Chris Benoit no SummerSlam e tornou-se o World Heavyweight Champion mais jovem da história da WWE. Poucos dias depois, Orton foi expulso dos Evolution, após recusar oferecer o World Heavyweight Championship a Triple H.

No PPV seguinte, o Unforgiven, Randy perdeu o título para Triple H. No Survivor Series, Orton esteve no combate tradicional do Survivor Series e venceu. A feud entre Orton e HHH durou até ao Royal Rumble, onde Randy perdeu. No WWE Draft de 2005, Orton foi transferido para o SmackDown, onde entrou em feud com Undertaker. A feud durou até ao Armageddon, onde Randy perdeu num Hell in a Cell contra Undertaker. No início de 2006, Orton entrou em feud com Rey Mysterio e na Wrestlemania 22, Orton perdeu numa Triple Threat com Kurt Angle e Mysterio pelo World Heavyweight Championship, na qual Rey Mysterio venceu. Dias depois, Kurt Angle partiu o tornozelo a Orton, após fazer 5 Ankle Locks seguidos. O que na verdade era kayfabe, para servir de desculpa à suspensão de 90 dias que a WWE impôs a Orton por conduta imprópria.

Orton regressou ao Raw com sede de vingança. Kurt Angle, tinha-se mudado para a agora reformada ECW e lá venceu Orton. No entanto, os dois voltaram a combater no PPV Vengeance, e desta vez, Orton venceu. Orton entrou em feud com Hulk Hogan e no SummerSlam 2006, Hogan venceu Randy. No Raw, Edge pediu ajuda a Orton para derrotarem os DX (Triple H e Shawn Michaels), e juntos formaram os Rated-RKO. No Cyber Sunday 2006, derrotaram os DX com alguma ajuda do general manager do Raw, Eric Bischoff. No Survivor Series 2006, a equipa dos Rated-RKO (Gregory Helms, Johnny Nitro, Mike Knox, Edge e Randy Orton) perdeu contra a equipa dos DX (CM Punk, Matt Hardy, Jeff Hardy, Triple H e Shawn Michaels). Depois dessa derrota, venceram Ric Flair e Roddy Piper para conquistarem os World Tag Team Championships. Em 2007, no New Year’s Revolution, os Rated-RKO colocou os títulos em jogo contra os DX num combate que acabou em No Contest após Triple H sofrer uma grave lesão nos ligamentos. No Raw, Orton e Edge disseram que a lesão de Triple H foi só o começo, pois não iriam descansar enquanto Shawn Michaels não se reforma-se (kayfabe). Num Handicap match, Michaels venceu os Rated-RKO e assim vingou Triple H. No Royal Rumble 2007, Orton foi um dos últimos a ser eliminados, curiosamente, foi eliminado pelo HBK.

Em Março de 2007, os Rated-RKO perderam os títulos para o WWE Champion John Cena e Shawn Michaels. Na Wrestlemania 23, Orton participou no Money in the Bank ladder match, mas perdeu. No Backlash, Orton participou numa Fatal 4-way com Shawn Michaels, Edge e John Cena pelo WWE Championship, na qual Orton saiu derrotado. No Raw seguinte, Michaels derrotou Edge e Orton atacou-o de seguida. Os dois enfrentaram-se no Judgement Day 2007 e Orton venceu, após ter chutado a cabeça de Michaels, causando-lhe um traumatismo (kayfabe). Orton entrou então em feud com a estrela da ECW, Rob Van Dam, que havia acusado Orton de não respeitar o wrestling, devido ao que este fez a Michaels.Orton agrediu RVD e os dois combateram no One Night Stand num Strecher match, onde RVD ganhou, mas foi atacado por Orton no final, o que piorou a lesão de Van Dam, afastando-o do wrestling.

Algumas semanas depois, Orton atacou o WWE Champion John Cena com um RKO e foi declarado como #1 contender ao WWE Championship. Enfrentaram-se no SummerSlam 2007, e Cena venceu, retendo o título. No Raw seguinte, Orton atacou o pai de Cena, colocando-o no hospital (kayfabe), tornando esta guerra entre os dois, pessoal. Enfrentaram-se novamente pelo título no Unforgiven, e Orton venceu, mas por desqualificação, o que fez Cena manter o título. Estava programado para que se voltassem a enfrentar no No Mercy num Last Man Standing match, mas Cena lesionou-se, deixando o título vago. Vince McMahon deu então o título a Orton, visto que Cena não o podia defender, mas apareceu Triple H, que venceu Randy Orton e tornou-se no WWE Champion. No fim da noite, Orton voltou a enfrentar Triple H pelo título num Last Man Standing match e acabou por vencer, depois de Triple H ter enfrentado Umaga antes deste combate. No Raw, Triple H derrotou Umaga e Orton num handicap match. No fim do Raw, Vince McMahon ordenou que todas as superstars apertassem a mão de Orton num sinal de respeito ao novo WWE Champion. O primeiro seria Triple H, que não apareceu. Orton foi atrás dele, mas uma música familiar soou e apareceu Shawn Michaels que aplicou um Sweet Chin Music em Orton.

Orton entrou então em feud com o na altura Intercontinental Champion, Jeff Hardy. Orton colocou então o seu WWE Championship em jogo contra Jeff Hardy no Royal Rumble, e venceu, retendo o título. Randy voltou a entrar em feud com Cena que regressou no Royal Rumble e perdeu no No Way Out com Cena por desqualificação, mantendo assim o título. Na Wrestlemania XXIV, Orton venceu Triple H e John Cena numa Triple Threat para manter o WWE Championship. No Royal Rumble 2009, Orton entrou em 8º lugar e eliminou Kane, Big Show e Triple H, vencendo o Royal Rumble. Venceu depois Shane McMahon no No Way Out. Na Wrestlemania 25, Orton tentou recuperar o WWE Championship que havia perdido para Triple H, mas foi derrotado pelo “Game”. Orton acabou por recuperar o WWE Championship no Backlash. Entretanto, Orton perdeu o título no Extreme Rules para Batista, num Steel Cage match.

No Raw seguinte, os Legacy atacaram Batista, causando-lhe uma lesão no braço, obrigando o “Animal” a deixar o título vago. Após manter o título em vários PPV’s, Orton perdeu-o no Breaking Point num I Quit match para John Cena. Um combate brutal, no qual Orton desistiu após sofrer um STF com uma corrente de aço. No Raw da semana seguinte, Batista regressa e vence Orton num No Holds Barred match. Randy voltou a conquistar o WWE Championship no Hell in a Cell após derrotar John Cena, mas voltou a perdê-lo para Cena num IronMan de 60 minutos no Bragging Rights. Em 2010, Randy voltou a vencer o título no Night of Champions após derrotar Sheamus, Edge, John Cena, Chris Jericho e Wade Barrett num Scramble match. Manteu o título durante alguns PPV’s até que o perdeu num episódio do Raw para The Miz, após este fazer o cash-in da sua mala Money in the Bank.

No dia 26 de Abril de 2011, Orton foi transferido para o SmackDown através do WWE Draft. Orton derrotou Christian para conquistar o World Heavyweight Championship. No Over the Limit, Orton derrotou Christian e reteve o título. Orton acabou por perder o título para Christian no Money in the Bank, onde se fosse desqualificado, perdia o título, e perdeu por desqualificação.